youtube twitter facebook
certidão de
regularidade
traço vertical box
guia de
pagamento /
parcelamento
traço vertical box
ouvidoria
traço vertical box
downloads
traço vertical box
currículo
traço vertical box
editais,
publicações,
informativos e
anúncios
traço vertical box
Portal da Transparência
traço vertical box
logo CRCPR

Caixa libera acesso ao antigo Conectividade Social, sem exigência do certificado digital

Curitiba, 1 de agosto de 2012.
imagem
Participaram da reunião representantes do CRCPR, SESCAP-PR, Fecopar e da Caixa Econômica Federal (CEF).
A Caixa Econômica Federal (CEF) liberou por tempo determinado, em todo o país, o uso da antiga versão do canal eletrônico Conectividade Social, usado para o recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e envio de dados relativos ao FGTS e ao INSS por empresas e escritórios contábeis que prestam informações em nome de seus clientes. A medida foi tomada pelo banco devido ao congestionamento do atual sistema – o Conectividade Social ICP – nos últimos dias.

Uma carta conjunta assinada pela presidente do CRCPR, Lucélia Lecheta, o presidente o Sescap/PR, Mauro Cesar Kalinke, e o tesoureiro geral da Fecopar, Ademir Galvão, foi entregue a representantes da CEF em reunião na agência central da Caixa em Curitiba na manhã desta quarta-feira, 1º de agosto. O documento expõe os problemas identificados pelos contabilistas quando das tentativas de usar o Conectividade Social ICP, enfatiza os prejuízos causados à classe contábil pelo congestionamento do sistema e pede “empenho dos gestores do banco para garantir agilidade, eficiência e segurança” ao Conectividade. Para acessar a íntegra da carta, clique aqui.
imagem

imagem
O coordenador de sustentação ao negócio regional do FGTS da Caixa em Curitiba, Gilmar José Forchezatto, enfatizou que, resolvidos os problemas, a exigência da certificação digital ICP-Brasil, adotada na versão atual do Conectividade, será mantida. A liberação do sistema antigo, que era instalado no computador e usava uma certificação emitida em disquete, só foi autorizada neste momento porque o Conectividade Social ICP ainda passa por adaptações.

O diretor superintendente do CRCPR, Gerson Macedo, Daniel Aparecido de Andrade e Orlando Coraiola Filho, ambos da Caixa, também partiparam da reunião.

Como funciona - De acordo com informações da CEF, a nova versão do Conectividade Social possibilita o envio de arquivos SEFIP e GRRF, o recebimento de relatórios na caixa postal da empresa, e permite fazer as transações antes realizadas pelo aplicativo Conexão Segura, como a comunicação de afastamento do empregado.

No caso dos escritórios de contabilidade, é preciso que o cliente gere, no próprio Conectividade, uma "Procuração Eletrônica". Para mais informações, clique aqui.




Comente este artigo
:: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores
:: Essa área é para você publicar sua opinião a respeito dos assuntos acima apresentados; dúvidas devem ser sanadas diretamente com o CRCPR pelos telefones apresentados no menu "Fale conosco" que aparece no cebeçalho da página

back


Pesquisa personalizada do CRCPR

<esc> - fechar x <esc> - fechar